Seu primeiro link Seu segundo link Seu terceiro link Seu quarto link
Carpe Diem

The Originals. (via encenado-r)
Acredito que quando se ama alguém e é recíproco, você se torna
um pouco vulnerável.
Gabito Nunes. 
(via versificar)
Do que eu tenho medo? Deixa eu ver. Sei lá, de repente de chegar um dia e ver que foi tudo em vão, que não valeu a pena, cada gesto ou cada ação, cada investimento e concessão. Sabe aquela cena clássica no restaurante? Os dois jantando em silêncio, a mulher olhando para os lados atrás de casais iniciantes, mais felizes e vivazes que o relacionamento dela, o homem com o olhar atrás de um traseiro mais durinho. Eu tenho medo de um dia acordar e sentir que acabou.
Cazuza (via versificar)
Se for verdadeiro vai acontecer, independente de tempo e distância.
Leonardo Martins. (via versificar)
Ouvir e sentir sua voz acalmando as madrugadas turbulentas que insistem em instalar-se, em um querer desesperado, fechava os olhos em busca da melhor cena. Imaginando o movimento que seus lábios faziam em cada palavra pronunciada, dita na maioria das vezes, em forma de carinho. Meu coração sentia. Sentia cada pedacinho de afago e de afeto que seus dizeres transmitiam. Meus olhos mantinham a cena do seu sorriso iluminando as partes mais escuras da minh’alma. E quando recuperava-me de todas as cenas paralelas, me deparava olhando a tela do celular como se não houvesse percebido que seu nome era o mais bonito. Meu riso livre se prendeu em teu olhar. E nas madrugadas frias, sua presença era o calor que meu corpo necessitava. Meu coração chamava pelo seu em cada batida, ansiando em tê-lo perto. Nas madrugadas frias, é onde o nosso amor acende.
Caio Fernando Abreu (via versificar)
Porque, pra viver de verdade, a gente tem que quebrar a cara. Tem que tentar e não conseguir. Achar que vai dar e ver que não deu. Querer muito e não alcançar. Ter e perder. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e dizer uma coisa terrível, mas que tem que ser dita. Tem que ter coragem de olhar no fundo dos olhos de alguém que a gente ama e ouvir uma coisa terrível, que tem que ser ouvida. A vida é incontornável. A gente perde, leva porrada, é passado pra trás, cai. Dói, ai, dói demais. Mas passa. Está vendo essa dor que agora samba no seu peito de salto agulha? Você ainda vai olhá-la no fundo dos olhos e rir da cara dela. Juro que estou falando a verdade. Eu não minto. Vai passar.
Sean Wilhelm.   (via versificar)
- Amar é suicídio.
- Talvez seja mesmo. Mas nunca se esqueça que vale a pena morrer por algumas coisas.
MP